sexta-feira, julho 07, 2006

Caríssimos,
Voltei. Não sabia como escrever novos textos para o blog. Na velocidade da burrice. Agora encontrei um amigo-poeta que entende do riscado, o Joelson Ramos, de Porto Alegre, e estou, portanto, aqui com vocês outra vez.
Muita coisa aconteceu desde outubro, quando criei o Blog. Mas não quero comentar nada, neste momento. Estou às voltas com a minha tese de doutorado. (Faltam três meses para eu depositar na USP). Rezem para que eu não enlouqueça.
Estivemos, George e eu, passando férias no Peru, durante o mês de junho. Foi muito legal. Visitamos Lima, Trujillo e Cajamarca e arredores das três cidades. Não conhecíamos o norte do país. Deslumbrante! Há um lugar muito especial, perto de Cajamarca, chamado Cumbemayo, que é, para dizer o mínimo, impressionante. Há, neste lugar, um sistema de canais de água (super impressionante! - Tirei fotos, mas ainda não revelei. ), que data de 1.000 A.C. Na internet há fotos do lugar, dêem uma olhada. Fizemos muitas "compricthas", incluíndo, uma llama esculpida numa pedra preta (não sei o nome), usada na região de Puno e Cuzco, como oferenda. E, em Trujillo, compramos três quadros, feitos com tecidos recortados e aplicados por uma senhora de 83 anos, chamada Consuelo. Ficamos encantados com o trabalho desta senhora, uma verdadeira artista! E letrada: formada em história. Tirei fotos dela e ganhei um recorte de jornal com um texto sobre ela e sua arte. ..
Vou ter de parar. Depois conto mais sobre a viagem.
Abraços a todos,
Ésio

1 comentário:

Raunel disse...

Marés de Amor ao Mar.... Eu lembro-me muito desse livro... e ali estou eu presente!!!!
Te mando um beijo Esio, um beijao!
A um mar de distancia....